.

Como a privação de sono mexe com o nosso corpo! E não é só nas capacidades do cérebro. Memória, atenção, etc. Pouco sono favorece o sobrepeso e a obesidade, aterosclerose, infarto do coração, aumenta as taxas de gordura no sangue e até aumenta a pressão arterial.

Quanto ao efeito sobre a pressão arterial, existem dúvidas, pois os resultados das pesquisas são conflitantes. Entende-se que parte dessas discordâncias deve-se à mistura de fatores como a obesidade e apnéia do sono.

Esta semana um estudo publicado no periódico Pediatrics confirmou que a privação de sono aumenta sim os níveis da pressão arterial. Para evitar confusão, dessa vez foram estudados adolescentes sem sobrepeso, obesidade ou apnéia do sono. Os resultados mostraram ainda que, após alguns dias de privação de sono, uma única noite de sono mais prolongado não é capaz de reverter o aumento da pressão arterial. Compensar no fim de semana é melhor do que nada, mas não é o ideal.

Anúncios