Maçã e pêra parecem ser as melhores frutas para a prevenção de derrame cerebral.  Essa é a conclusão de um estudo holandês recém-publicado no periódico Stroke da Associação Americana do Coração.

 

Já é bem reconhecido que o consumo de pelo menos cinco porções diárias de frutas e vegetais é uma das atitudes que podem ajudar a prevenir doenças vasculares do coração e do cérebro. No presente estudo, mais de 20 mil voluntários com média de idade de 41 anos foram acompanhados ao longo de 10 anos. O padrão de alimentação foi analisado através de um questionário em que as frutas e vegetais eram classificados em quatro grupos:

 

Verde. Ex: Brócolis, alface, repolho, espinafre

Alaranjado / Amarelo. Ex: Frutas cítricas, cenoura

Vermelho / Roxo. Ex: Uva, morango, tomate

Branco.  Ex: Pêra, maçã, pepino, alho, cebola

 

As frutas e vegetais BRANCOS foram os únicos que fizeram a diferença na redução do risco de derrame cerebral, possivelmente pela presença de um tipo de flavonóide chamado de quercetina. Batatas não foram incluídas nesse grupo de vegetais brancos por terem um valor nutricional muito diferente.

 

55% dos brancos eram compostos por maçãs e peras
         
10% de alho, cebola e alho porró

35% de banana, couve flor, chicória, pepino, cogumelos

Os resultados não devem ser transformados em dogma, pois outras pesquisas devem ser realizadas para confirmação. Por enquanto, é bem razoável que não se deixe de incluir na dieta pelo menos uma porção ao dia de vegetais e frutas de cada uma das quatro cores.

 

 

Anúncios