A epilepsia é uma condição neurológica grave que acomete três milhões de brasileiros e a cada hora, somam-se a este número mais 11 novos casos. Infelizmente, ainda nos dias de hoje, é comum ouvirmos idéias erradas, crenças, especialmente devido ao desconhecimento e ao estigma existente. Por isso, a pessoa com epilepsia tem dificuldade para se inserir na sociedade, formar uma família e até conseguir um emprego. Para mudar esta perspectiva, várias iniciativas têm sido feitas nacionalmente. A ASPE, Assistência à Saúde de Pacientes com Epilepsia, uma ONG- executora da Campanha Global Epilepsia fora das sombras no Brasil – com a missão de promover saúde biopsicossocial para as pessoas com epilepsia e suas famílias, tem realizado desde a sua fundação, atividades que promovem a conscientização social sobre esta condição.

Neste ano de 2010, em parceria com a UNICAMP, FCM, LabJor, CInAPCe, LBE e ZAIOM, promoverá no dia 9 de setembro, às 9:00h, um evento de atualização sobre epilepsia. Participarão desta oficina profissionais altamente qualificados, abordando temas centrais na epilepsia: lacuna de tratamento, medicações, cirurgia, epilepsia na infância, grupos de interação social e estigma. As pessoas podem interagir com os palestrantes, on-line, em forma de pergunta e resposta. Para assistir a transmissão on-line, basta acessar o portal: é www.fcm.unicamp.br/videoconferencia. Para as
pessoas que tiverem interessem em participar da oficina pessoalmente, pedimos que enviem um e-mail para paula@aspebrasil.org para efetuar a inscrição, que é gratuita e limitada.

Programa: 09:00h – Palestra online: Epilepsia sob nova perspectiva

1) Lacuna de tratamento na América Latina. Prof. Dr. Li Li Min, Professor Associado do Departamento de Neurologia da FCM/UNICAMP, Presidente Fundador da ASPE.

2) Medicamentos Genéricos no tratamento da epilepsia. Dr. Veriano Alexandre Jr, Médico da USP-Ribeirão Preto, Presidente da Liga Brasileira de Epilepsia.
 

3) Tratamento cirúrgico. Prof. Dr. Fernando Cendes, Professor Titular do Departamento de Neurologia da FCM/UNICAMP.

4) Visão do Administrador e departamento de RH sobre epilepsia. Prof. Valdenir Pontes, Administrador de Empresas e Professor da PUC-Campinas.

5) Convulsão Febril e epilepsia na infância. Profa. Dra. Marilisa M. Guerreiro, Professora Titular de Neurologia Infantil do Departamento de Neurologia da Unicamp e Chefe da Disciplina de Neurologia Infantil.

6) Grupos de Interação Social. Dra. Li Hui Ling, Vice-Presidente da ASPE.

7) Estigma na epilepsia. Dra. Paula Fernandes, Presidente da ASPE.

Anúncios