Uma pesquisa publicada esta semana na revista Neurology, periódico oficial da Academia americana de Neurologia, confirma que o consumo de chocolate diminui o risco de derrame cerebral. O estudo incluiu trinta e sete mil homens suecos que foram acompanhados de forma prospectiva por um período médio de 10 anos.

 

Os pesquisadores avaliaram esses resultados em conjunto com os de estudos anteriores e concluíram que o efeito positivo do chocolate na prevenção de derrame cerebral estende-se também às mulheres. E de onde vem esse poder do chocolate? Alguns componentes do cacau têm ações antioxidantes, antiinflamatórias, reduzem os níveis da pressão arterial e aumentam os do bom colesterol, inibem a coagulação sanguínea e ainda melhoram a função do endotélio, camada mais interna dos vasos. 

 

Não devemos ir com muita sede ao pote, já que o alto valor teor calórico do chocolate pode colocar em xeque todos esses potenciais benefícios se desequilibrar a balança. Aliás, esses benefícios são do cacau e, por isso, os chocolates com altas concentrações do fruto são as grandes estrelas.

 

smallicone

Anúncios