radon

 

O radônio é um gás radioativo natural originado do urânio e que pode se acumular nos ambientes fechados e é responsável por 3.3% dos casos de câncer de pulmão na Inglaterra, de acordo com estudo publicado esta semana no British Medical Journal. Esse risco é bem maior no caso dos fumantes, já que o radônio potencializa o risco de câncer de pulmão nessa população.

 

O radônio quando inalado pode se depositar nos brônquios expondo as células à radiação e já temos evidências que essa exposição danifica as células. Para a maioria das pessoas o nível de exposição ao radônio está associado à concentração do gás no próprio lar. Como o radônio é expelido naturalmente pela superfície da terra, uma das medidas para se reduzir sua concentração em ambientes fechados é um tipo de impermeabilização entre o solo e a construção. Países como a Suécia já têm políticas específicas pra o controle de exposição ao radônio. O atual estudo pôde demonstrar que a impermeabilização de qualquer nova construção, além de ser eficaz na redução do risco de câncer de pulmão, tem ótima relação custo-benefício. Por outro lado, políticas para identificação e remediação de lares já existentes com altas concentrações de radônio não se mostraram eficazes e nem têm boa relação custo-benefício.      

 

iconepostsmall

Anúncios