Percepção não acontece separada da emoção. Um estudo publicado recentemente pelo periódico PLOS ONE aponta que as pessoas julgam as pessoas sorridentes mais jovens que as que têm cara fechada.

Pesquisadores da Universidade de Missouri-Kansas (EUA) conduziram esse estudo em que jovens voluntários tinham que avaliar imagens pelo computador de homens que tinham expressões que eram categorizadas em três tipos: neutra, alegria e tristeza.  Não incluíram mulheres para evitar fatores que poderiam confundir a pesquisa como o uso de maquiagem.

.

YOUNG pict

.

Os resultados mostraram uma inequívoca percepção de juventude nas expressões alegres. São os estereótipos do jovem alegre e a idade trazendo consigo sentimentos tristes. Talvez um sorriso no rosto tenha o mesmo efeito que boas aplicações de Botox.

Anúncios