medicalmarijuanabrain

 

 .

Uma pesquisa publicada esta semana pelo Journal of Neuroscience aponta que fumar maconha, mesmo que seja uma vez por semana, mexe com a estrutura do cérebro.

 

Pesquisadores das Universidades de Northwestern e Harvard nos EUA estudaram através da ressonância magnética o cérebro de uma série de voluntários com idades entre 18 e 25 anos que tinham que registrar a freqüência do uso de maconha por um período de três meses. Aqueles que fumavam mais tinham uma estrutura cerebral, chamada de núcleo acumbente, com maior volume e com alteração em seu formato. O núcleo acumbente é uma região que faz parte do sistema de recompensa cerebral.

 

O resultado mais importante dessa pesquisa foi o fato dessa mudança estrutural ter sido demonstrada mesmo entre aqueles que fumavam um baseado por semana. Na verdade, a grande parte das pesquisas tem mostrado mudanças no cérebro em pessoas que consomem a maconha de forma mais freqüente. Além do núcleo acumbente, os pesquisadores também encontraram mudanças morfológicas na estrutura mais central no controle das emoções, a amígdala.

 

O uso da maconha tem sido fortemente relacionada a desmotivação, alterações nos domínios da atenção e memória. Será que isso também não acontece com pequenas doses?

 

CBN-RICARDO[1]

 

Anúncios