.

Tem uma porção do lobo frontal que é ativada toda vez que detectamos um erro em nossas ações. É o famoso “Ooops” e essa ativação pode ser demonstrada através do disparo de atividade elétrica nessa região.

 

Pesquisadores da Universidade de Vanderbitt nos EUA recrutaram voluntários para realizar testes de difícil execução pela rapidez exigida na resposta, ou seja, com grandes chances de erro e frequente ativação da região frontal mesial – a região responsável pelo “Ooops”.  

 

Os voluntários receberam 20 minutos de estimulação elétrica por um gorrinho cheio de eletrodos ou um estímulo de mentirinha – placebo. A estimulação elétrica fez com que os voluntários errassem menos, pois corrigiam os erros com maior desenvoltura. Os efeitos positivos foram mantidos por cerca de cinco horas e extendido para outros testes.

 

As implicações desses achados não são restritas ao aprendizado, mas podem trazer benefícios clínicos no tratamento de condições como transtorno de déficit de atenção e hiperatividade.

,

CBN-RICARDO[1]

Anúncios