Comer até um ovo por dia não aumenta o risco de infarto do coração ou de derrame cerebral. Essa é a conclusão de uma metanálise publicada esta semana pelo British Medical Journal.  Maior cautela deve ser tomada por aqueles que tem diabetes.

 

Mais uma vez o lenga-lenga de ovo faz mal  / não faz mal. Vai dar para acreditar dessa vez? Atualmente, entende-se que os estudos anteriores que evidenciaram que o ovo não era muito nosso amigo não tinham metodologia adequada para ponderar outros fatores que vêm associados ao hábito de comer ovos regularmente, por exemplo, maior  consumo de carne vermelha. A maioria das pesquisas realmente tem apontado que um ovo por dia não faz mal aos vasos do coração e do cérebro.

 

Agora, cinco ovos por dia é outra história.

Anúncios