A história do chocolate começa entre os índios no México. Preparavam um suco de cacau que era usado como bebida sagrada em banquetes e cerimônias. O chocolate, tal como o conhecemos hoje, representa uma paixão mundial e estudos científicos desenvolvidos na última década têm revelado que além do prazer, o chocolate pode oferecer uma série de benefícios à saúde humana que vão muito além dos efeitos antioxidantes freqüentemente divulgados pela mídia.

 

Os estudos têm demonstrado que o chocolate pode reduzir a pressão arterial, aumentar o bom colesterol no sangue, afinar o sangue, entre outras virtudes. Os maiores responsáveis por esses efeitos benéficos são os flavanols, substâncias também encontradas em fartas concentrações na casca da uva e nos chás verde e preto. O detalhe é que os flavanols são encontrados em boa concentração apenas nos chocolates amargos com alto teor de cacau (> 70%).

 

Para entender melhor o que o chocolate pode fazer pelo seu cérebro, por sua saúde, clique aqui e leia o artigo na íntegra.

 

 

 

 

 

  

 

 

 

 

 

Anúncios