Young tomato

.

Em diferentes países e faixas etárias, os homens têm um comportamento menos ecológico que as mulheres. Eles produzem mais lixo, emitem mais carbono e reciclam menos.

 

Alguns estudiosos do tema defendem a ideia que essa diferença pode ser explicada pelo maior altruísmo das mulheres. Entretanto, estudos recentes mostram que os homens pensam no comportamento ecológico como uma coisa feminina. Uma pesquisa envolveu mais de dois mil voluntários americanos e chineses e mostrou que realmente existe um estereótipo de que o comportamento “verde” está ligado à ideia de feminilidade. Os participantes de ambos os sexos acharam que homens ou mulheres que fazem as compras com uma sacola reciclável são mais femininos que aqueles que usam os sacos plásticos. Em outro experimento, os voluntários percebiam que eram mais femininos quando se lembravam de alguma atitude ecológica que tomaram no passado. Os pesquisadores também demonstraram que quando o homem recebe mensagens que reafirmam sua masculinidade, ele tem uma maior inclinação em escolher opções mais ecológicas.

 

Isso pode ter fortes implicações para o marketing. Os homens terão uma maior inclinação a serem ecológicos se percebem que essa escolha está associada a sinais, cores, palavras que evocam a masculinidade.  Homens quando estão mais seguros que são homens terão um comportamento mais verde.

 

Anúncios