O que os feijões Harry Potter sabor cera de ouvido e vômito têm em comum com a Revista Caras e obsessão pelas redes sociais? Todos são exemplos de comportamentos que podem não trazer nenhum benefício, além do de matar a curiosidade. Muitas vezes trazem até resultados negativos, mas as pessoas pagam o preço para satisfazerem a agonia da curiosidade. A isso é dado o nome de fenômeno de Pandora, em alusão ao mito grego. Pandora foi advertida a não abrir a caixa, mas sua curiosidade liberou os demônios. Adão e Eva não fizeram diferente. A culpa sobrou para Eva.

Essa curiosidade faz com que as pessoas no mundo real passem a assumir comportamentos de risco como experimentar drogas ilícitas, jogos de azar, ler mensagens do smartphone enquanto dirigem, etc. Cientistas têm nos confirmado cada vez mais em estudos de laboratório que a incerteza ainda é pior que notícia ruim. Ficou curioso para experimentar a balinha de vômito?

Anúncios