fitness

 

É bem reconhecido que a redução da capacidade cardiorespiratória está associada a um maior risco de doenças como a hipertensão arterial e diabetes, maior mortalidade, menor nível de independência física e de qualidade de vida. Um estudo recém-publicado pelo periódico científico Archives of Internal Medicine avaliou mais de 20 mil pessoas nos Estados Unidos com idades entre 20 e 96 anos e confirmou resultados de pesquisas anteriores de que a capacidade cardiorespiratória diminui gradualmente com o avançar da idade.

O estudo demonstrou ainda, de forma inédita, que essa redução é mais veloz após os 45 anos de idade, maior entre os homens do que nas mulheres, e que existe uma receita eficaz para combater esse declínio: atividade física regular, manter o peso em dia e não fumar. Os participantes do estudo que seguiam essa receita foram os que tiveram o mais lento declínio da capacidade cardiorespiratória. É difícil imaginar uma trinca de ingredientes mais poderosa do que esta para a promoção da saúde, não só para manter o fôlego ao envelhecermos, mas também para a prevenção da maior parte das doenças mais temidas como o câncer e as doenças cardiovasculares.

 

SMALLicone

Anúncios