´

É indiscutível a relação entre altos níveis de colesterol e risco de infarto do coração e derrame cerebral. Alguns estudos têm evidenciado também uma associação entre colesterol alto e doenças degenerativas como a Doença de Alzheimer e a Doença de Parkinson. Com relação à Doença de Parkinson, os resultados de algumas pesquisas foram conflitantes e agora em maio de 2008 será publicado na revista Neurology os resultados da maior pesquisa até o momento que avaliou a relação entre o risco de desenvolver a doença e os níveis de colesterol. Mais de 50 mil finlandeses foram acompanhados revelando que indivíduos com altos níveis de colesterol no começo do estudo apresentavam maior risco de apresentar a doença após uma média de 18 anos de acompanhamento. Essa associação não é tão surpreendente já que o cérebro é o órgão do corpo humano mais rico em colesterol, e uma alteração da sua homeostase pode provocar alterações nas conexões e membranas celulares cerebrais.

 

E como manter o colesterol no seu lugar certo ? Realize atividade física regular, reduza o estresse, alimente-se diariamente com frutas, vegetais e grãos integrais, reduza o consumo de gordura animal e gordura trans, capriche no consumo de alimentos ricos em Omega 3, como é o caso do azeite, e não coma mais do que você gasta de energia. Além disso, nem pensar em fumar e bebida alcoólica só se for com moderação.

Invista no seu cérebro, no seu coração, na sua vida.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios